Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

1º Ignite Portugal foi um grande sucesso


 
 
A sala da Guilherme Cossoul estava apinhada, deixando muita gente a assistir em pé e alguns de fora do evento. Tivemos cerca de 130 pessoas, 16 interessantes oradores, 17 apresentações de 5 minutos com 20 slides de 15 segundos, e um ambiente informal de partilha de conhecimentos, experiências e paixões!


Filmámos tudo mas as condições de luz e som não eram as ideais... estamos neste momento a ver se conseguirmos recuperar o material para permitir que todos vejam estes talks. Em breve notícias!

Alguns dos feedbacks:
"Parabéns! Fascinante ontem. Muito, muito, muito bom."
"PARABENS pela excelente organização e óptimos speakers."
"Foi uma conferência fantástica com pessoas e ideias muito interessantes"
"A noite foi um sucesso... Sinto que foi a primeira de muitas noites de inspiração!"

A pedido dos que não puderam estar, eis alguma infirmação sobre os oradores e respectivos talks:
Henrique Agostinho apresentou-nos a forma como a "(R)evolução Digital" está a mudar a comunicação e as vendas, resultando numa migração do investimento publicitário dos meios de massas para a Internet, o que torna o marketing mais barato, mais eficaz e mais inteligente.

Miguel Figueiredo mostrou-nos todas as aprendizagens de um caso de "Recrutamento Digital 2.0" em que a forma de encontrar candidatos, fazer uma selecção e contratar se torna mais rápida e eficiente do que as formas tradicionais.

Jack Soifer falou-nos de nichos de mercado do turismo e de como Portugal pode explorá-lo com uma atitude diferente. Num segundo talk, provocou-nos falando de desinformação em casos mediáticos como a gripe A e outros "gigantes" corporativos.

Milena Melo veio defender que a tecnologia, em particular a democratização da informação, através das redes sociais, tem vindo a mudar o turismo. Deu um exemplo da Hawaiian Airlines, que está a cruzar os dados pessoais dos passageiros disponíveis nas redes sociais com as informações da sua base de dados, para posicionar os passageiros no interior do avião de acordo com afinidades em comum, já que nada é mais importante que o comportamento do vizinho de poltrona, que influencia a opinião de 80% dos passageiros.

Sara Batalha mostrou como uma boa apresentação pode mudar a nossa vida, carreira e sucesso, tal como os momentos mais significativos da nossa vida o fazem. Deu-nos um conjunto de "estratégias" poderosas, ilustrando com exemplos prácticos de uma simplicidade desarmante do dia-a-dia da sua filha.

Rui Ferreira veio desmistificar o caminho do empreendedorismo, mostrando os passos que os empreendedores têm que passar antes de se lançar por conta própria para lançar uma start-up em Portugal.

Inês Costa revelou-nos um dos segredos mais bem escondidos de Portugal - o EcoParque da Chamusca - um exemplo interessante de gestão eficiente de recursos e resíduos, que se baseia nos ecossistemas da natureza e que, em nada fica a dever aos complexos e sofisticados sistemas de gestão de recursos Dinamarqueses que demoraram muito mais a nascer (a vingança serve-se fria e nem sempre no futebol!)

Sandra Pombo trouxe-nos uma marcante apresentação denominada "Why video didN'T kill the radio star", em que defendeu novas narrativas para as Marcas, novas perspectivas e sobretudo novas formas de trabalhar os posicionamentos das Marcas, evitando os previsíveis arquétipos e restantes interpretações de brand management.

João Borges pôs literalmente toda a sala a fazer ginástica, demonstrando os benefícios para a eficiência, produtividade e criatividade da Ginástica Laboral, uma nova tendência nascida no Japão mas que está a ganhar adeptos na Europa e em Portugal.

Paulo Leite protagonizou uma interessante apresentação sobre o cinema de horror e de como esta especialidade poderá ser das únicas em que Portugal se pode afirmar contra a hegemonia das grandes produções Americanas. O cinema de horror é um cinema de culto e de criatividade, em que os Americanos não lideram, depende de festivais especialistas (onde temos já alguns exemplos como o FantasPorto) e é um nicho global que já é rentável hoje. Do que esperamos?

Tiago Andrade e Silva explicou-nos que para gerir projectos impossíveis existe uma metodologia ágil que pode transformar a forma como conseguimos resultados - o SCRUM. Podem encontrar a sua apresentaçãoaqui.

Luís Borges Gouveia veio do Porto para nos dar a sua visão sobre como a era Digital, mais do que mudar a forma como fazemos e vivemos (comportamentos), está a mudar e mudará ainda mais o que somos e como somos, exigindo novas atitudes e competências. Profundo e filosófico mas altamente relevante e actual.

Frederico Fezas-Vital surpreendeu-nos com uma original apresentação em que adormeceu no palco, levando a audiência numa viagem aos seus sonhos, demonstrando por "á mais bê" que os sonhos são uma economia em si, e cada vez mais, ajudam à economia real das mais distintas formas e feitios.

 
Rui Ventura trouxe-nos várias interessantes reflexões sobre personal branding nos dias de hoje, fazendo algumas recomendações de como nos podemos transformar e afirmar, tornando-nos uma Marca... mas sempre com profundidade e honestidade intelectual.

Nuno Melo da Silva falou-nos de ideias e mostrou-nos que as ideias não só mudam o Mundo, como têm a capacidade de mudar ideias que mudam muita coisa em nós e na sociedade. Um exemplo disso mesmo é o Ignite Portugal que é uma ideia que mudará muitas ideias em todos nós... e mudará para sempre a forma como nos inspiramos e partilhamos.

Para além de tudo isto, tivémos dois artistas a desenharem e explanarem a sua arte, com base nas inspirações que lhes chegavam dos oradores, dos participantes, etc...
A ilustradora Marília Afonso Lopes desenhou um mural e o pintor Diogo Muñoz fez uma tela inspirando-se nas apresentações que em breve colocaremos aqui no blog.
Foi simplesmente inspirador!

publicado por Consumering às 11:45
link do post | comentar | favorito

Sobre a Consumering

Reclamações e Sugestões
h.a@consumering.pt

Consumering
Para transformar os seus produtos em marcas preferidas pelo consumidor, conheça a Consumering.

Twitter

Bibliografia


...a (R)EVOLUÇÃO está prestes a começar.

...vai saber como fazer da sua marca a favorita dos consumidores.


...País pacato e acolhedor. Excelente oportunidade para a gestão eficaz da marca Portugal.

Actualizações

Introduza o seu e-mail:

Um serviço FeedBurner

Facebook

Consumering

Posts recentes

It's all about the money

O que ninguém avisou.

24-3-2024 – A anunciada E...

Como vencer (leia-se vend...

Onde está o dinheiro?

Como mentir em 6 lições

Ser super-heroi é uma sec...

a pedido

A informação estupidament...

Tradução: Vocês sabem o q...

Arquivo

Consumering

subscrever feeds

blogs SAPO

subscrever feeds