Domingo, 6 de Junho de 2010

E se não precisasse de lembrar o consumidor que é verão?

Ou época de Natal? Ou qualquer outro momento do calendário auto-evidente. Afinal, as pessoas sabem normalmente com algum rigor em que época do ano é que estão e portanto é capaz de não haver grande necessidade de gastar GRPs a explicar-lhes isso.

 

O Verão, tal como o Natal, são para muitas marcas picos de venda incontornáveis, meses em que se faz o ano, épocas decisivas, cujas vendas concentradas definem o grau de sucesso ou falhanço do restante calendário.

 

Será portanto normal e até recomendável, ou do mais básico bom senso que os responsáveis por essas marcas de venda sazonal se preocupem bastante com os poucos meses em que se aplicam os seus bónus anuais.  Pela mesma lógica, é de esperar que os anunciantes sazonalizados ocupem o essencial dos seus orçamentos a influenciar as vendas destes períodos tão críticos.

 

Assim sendo, chegado o verão, ou chegada qualquer outra época do ano de relevância global com impacto sazonal nas vendas, logo saem disparadas e disparatadas inúmeras campanhas temáticas, gritando aos quatro ventos: “não se esqueça que é verão, a ocasião ...”

 

Será que alguém acredita que o consumidor se esquece de que é verão? Não passará ele metade do ano a sonhar que chegue o dito cujo mais as suas férias e a restante metade do mesmo a lamentar-se por ter ele acabado e deixado uma pilha de dívidas? Se estivéssemos a falar de uma efeméride menos interessante,  como o prazo de entrega do IRS ou o Rock in Rio, aí sim, percebe-se que seja preciso anunciar bastante quando vêm estas celebrações sem graça. Mas o verão? E o Natal? São auto-evidentes!

 

O que se passa é o seguinte, segundo a lógica que determinada época é boa para as vendas e portanto serão o momento certo para anunciar, muitos anunciantes, que não sabem anunciar, confundem a importância de explicar que o seu produto é especialmente adequado para o que aí vem, com a lamentável constatação do óbvio, que é aí vem um período em que os consumidores devem comprar coisas, quem sabe até à concorrência.

 

Pior ainda é quando empresas e marcas que não têm nada a ver com as sazonalidades do consumo, anunciam estes períodos apenas por efeito de mimetismo dos seus comparsas de agencia. O que resulta em esforços de comunicação particularmente desinteressantes como a EDP a desejar bom Natal. Como se passasse pela cabeça de alguém desligar as luzes durante a respectiva ceia ou haver Tias a oferecer contadores bi-horários em vez de meias. Embora esta troca até fosse positiva como evolução.

 

Em resumo, é a diferença entre colocar os mupis de mulheres despidas na altura do ano em que se vendem muitos bikinis. Ainda que seja defensável que os limpa-vistas deviam ter lugar cativo no outdoor todo o ano e não pagar por isso. Ou cometer a infantilidade de anunciar que é tempo de férias e a marca macaca de imitação também gosta do verão.

 

Lembrem-se a ideia de anunciar num período chave é mover o consumo sazonal excepcional e não lembrar ao consumidor, até porque ele já sabe, que está numa época especial.

publicado por Consumering às 09:33
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Sobre a Consumering

Reclamações e Sugestões
h.a@consumering.pt

Consumering
Para transformar os seus produtos em marcas preferidas pelo consumidor, conheça a Consumering.

Twitter

Bibliografia


...a (R)EVOLUÇÃO está prestes a começar.

...vai saber como fazer da sua marca a favorita dos consumidores.


...País pacato e acolhedor. Excelente oportunidade para a gestão eficaz da marca Portugal.

Actualizações

Introduza o seu e-mail:

Um serviço FeedBurner

Facebook

Consumering


ver perfil

seguir perfil

. 7 seguidores

Posts recentes

It's all about the money

O que ninguém avisou.

24-3-2024 – A anunciada E...

Como vencer (leia-se vend...

Onde está o dinheiro?

Como mentir em 6 lições

Ser super-heroi é uma sec...

a pedido

A informação estupidament...

Tradução: Vocês sabem o q...

Arquivo

Consumering


ver perfil

seguir perfil

. 7 seguidores

subscrever feeds

blogs SAPO

subscrever feeds